Barulho no motor: possíveis causas | Barulho no motor carro

O barulho no motor do carro pode ser causado por desgaste em várias peças. Quando causado por peças internas do motor o conserto tende a ser caro, já no caso do barulho produzido por peças externas, o conserto pode ser mais barato.

Um barulho no motor normalmente é visto como sinal de problema, pois indica necessidade de manutenção, contudo identificar o mesmo logo que aparece pode lhe ajudar a economizar dinheiro, evitando que a peça desgastada venha a quebrar.

Seguindo este raciocínio, o motorista deve procurar seu mecânico de confiança tão logo quanto identifique algum ruído anormal no motor de seu carro. Mas muitos motoristas podem não ter um mecânico de confiança. E então, o que fazer? No mínimo é necessário conhecer algumas peças que costumam apresentar problemas, entender como realizar o diagnóstico e o risco de adiar a troca da peça danificada.

Um dos instrumentos importantes para diagnosticar a origem de um barulho no motor é o estetoscópio mecânico. Este instrumento é similar ao estetoscópio utilizado na medicina, porém possui ponta em formato de agulha, conforme exemplifica a imagem abaixo. Assim como um médico posiciona a ponta do estetoscópio no peito do paciente para ouvir os batimentos cardíacos, o mecânico posiciona a ponta do estetoscópio na base na peça onde deseja ouvir o ruído.

Estetoscopio-mecanico

Estetoscópio Mecânico

Clique aqui e confira nossas ofertas de auto peças!

Abaixo são apresentados exemplos de problemas e causas envolvendo barulho no motor:

Tensor de correia dentada

Este barulho merece atenção especial, pois o travamento ou quebra de um tensor de correia de dentada pode danificar o cabeçote e outras peças do motor. Este tipo de conserto sempre custa caro.

Procure realizar simultaneamente a troca de correia dentada e seus tensores, assim pagará unicamente pela mão de obra e terá controle sobre o intervalo de tempo correto para troca. Consulte o manual do proprietário para saber o intervalo ideal (em Km) para troca de correia dentada em seu carro.

Importante: Se você acabou de comprar um carro usado, procure descobrir quando foi realizada a última troca de correia dentada e ainda assim consulte um mecânico para verificar se realmente existem indícios de que esta peça foi trocada.

Alternador

Os dois tipos mais comuns de barulhos envolvendo o alternador são relacionados à necessidade tensionamento da correia ou ao desgaste nos rolamentos. A necessidade de tensionamento da correia gera um ruído agudo causado pelo deslizamento da correia na polia do alternador e pode ser resolvida facilmente através de um ajuste, não há necessidade de troca de peça. Já no caso de desgaste nos rolamentos será necessário que abrir o alternador e substituir os rolamentos danificados.

Bomba de direção hidráulica

O barulho no motor causado pela bomba de direção hidráulica pode variar de intensidade quando o motorista vira o volante. Existem modelos de bombas que permitem a troca de peças internas, bem como existem outros onde as bombas são seladas e não é possível realizar nenhum reparo; neste caso é necessário substituir a bomba.

Bomba d’água

O barulho no motor originado pela bomba d’água pode aparecer acompanhado de vazamento, de qualquer maneira o conserto depende apenas da troca da peça.

Embreagem

Um sinal de problema no rolamento da embreagem pode ser identificado através da emissão de ruído quando o pedal da embreagem é liberado. Ao realizar a troca do rolamento da embreagem aproveite para trocar também disco e platô, pois o custo de mão de obra para troca destas peças não é barato.

Durante partida a frio

O barulho no motor durante a partida a frio (após o carro passar a noite parado) é um grande sinal de atenção. Para este caso é comum utilizar a expressão “o motor está batendo na partida”. As causas mais comuns de ruídos na partida a frio são problemas no cabeçote ou nas bronzinas. Em ambos os casos é importante procurar um mecânico qualificado com urgência para que realize o correto diagnóstico do problema. Quando o motor bate durante a partida, pode também ocorrer da luz indicadora da pressão de óleo do motor piscar, indicando que existe um problema de lubrificação comprometendo o motor.

Neste caso não deixe de consultar o manual do proprietário para saber o tipo de óleo correto para o motor de seu carro, bem com o devido intervalo entre as trocas. Em algumas situações é possível eliminar este barulho com a utilização do tipo óleo correto para o motor, sem a necessidade de realizar uma retífica.

Variando com a aceleração do motor (rajado)

O pior de todos os barulhos que pode aparecer em um motor é o “rajado”, pois indica desgaste em bronzinas e virabrequim (localizados na parte inferior do motor). A solução deste problema requer a retifica completa do motor e envolve o maior custo de todos.

Tendo em vista o alto custo envolvido em realizar a retifica em um motor, certifique-se de que o barulho realmente está sendo causado pelo desgaste de peças na área inferior do motor, pois este pode ser confundido com alguma pequena batida de comando de válvulas, por exemplo.

Caso o motor de seu carro realmente esteja rajando, não adie o conserto, pois os danos podem tomar grandes proporções com a quebra de peças. Existem situações em que o travamento do motor chega a causar quebra do bloco, com isso o custo da manutenção torna-se muito mais alto.

Mais importante que conhecer exatamente qual peça esta causando um barulho no motor é a atitude do motorista em procurar um mecânico assim que identificar alguma anomalia no funcionamento de seu carro, pois o desgaste em uma peça pode causar a sua quebra, gerando transtornos e resultando em alto custo de manutenção.

Artigos relacionados: